COMODORO – Rock Brazil For Export



Banda que já é velha conhecida do público underground paulistano. Grull/ vocal, Cronfli/ baixo, Chubas/ guitarra, Billy / guitarra e Azedo / bateria formam a banda Comodoro, não confundir com The Commodores. É muito diferente! Essa rapaziada de antemão já adverte: “seu som não é coisa para iniciantes”, veneram o terror, idolatram a birita e arrepiam a mulherada. Acabam de lançar na web seu trabalho composto por 10 faixas simples, diretas, sujas e cheias de sacanagem e inconseqüência, resultado de dois finais de semana de gravações no Sin Sítyo em Mairiporã/SP. Tudo isso supervisionado e aprovado pelo produtor Biu, nome bastante conhecido pelos trabalhos com bandas como Ultraje a Rigor, Dead Fish, Dance Of Days e Lab, entre outros. . . Intitulado “Acabou o Bailinho”, uma referência a um dos famosos bordões proferidos nos shows, o álbum mostra uma banda que soa madura, concisa, mas ao mesmo tempo despretensiosa. Seguindo a idéia de que “diversão é tudo o que importa”. O caras levam um som com fortíssima influência de bandas clássicas como The Misfits, The Cramps, Sex Pistols e Dead Kennedys. Aliás, a semelhança é motivo de orgulho para os integrantes, que não fazem questão nenhuma de esconder a grande admiração pelo universo do rock perverso e pervertido. Confiram no MySpace dos caras na integra o álbum “Acabou o Bailinho.”



São Paulo, Brasil, since 2006… .. .. …. OUT AND LOUD. This may be the best way to present Comodoro’s debut release! …. The band is already well known in São Paulo’s best and most obscure rocker spots. Together, Grull (vocals), Cronfli (bass), Chubas (guitar), Billy (guitar) and Azedo (drums) have wrapped up within 18 minutes and 10 tracks all the dirty, simple and naughty behaviour that rock n’ roll has been missing; all in a result of 2 long weekends of work supervised and approved by the producer Biu – well known for his works with bands such as Ultraje a Rigor, Dead Fish, Dance Of Days, Lab and others. …. Entitled “Acabou o Bailinho” (“the party is over”), the album brings a concise and mature sound, but still manages to keep an ironic and unpretentious attitude: “it’s all about having fun”. …. Digging deep into the sounds and themes addressed to their work is not even necessary to be able to realize the strong influence of classic bands such as the Misfits, The Cramps, the Sex Pistols and the Dead Kennedys. In fact, the band takes pride in that resemblance, going as far as being very open about their passion for the kinky and perverse rock life style. …. Above all, “Acabou o Bailinho” is shaking the dirt among the underground scene, while still bringing a mean rock sound, filled with honest, impolite lyrics and high quality music. May this not be forgotten: Not for the faint-hearted!






Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: